Poesia

Refugiados

Facebook
Twitter

A Voz Impresso | Série: 3ª | Nº 29 | Junho | 2020|Ângela Maria Viegas Álvares – Poema dedicado ao Dia do mar

ELES
apostam tudo… 
	apostam nos filhos...
	apostam na crianças…
(eles são os seus Brilhos! 
	as suas Esperanças!)

ELES
chegam
	desesperados
	molhados e 
	frios(a
	tremer)
e nos caminhos gelados 
	são braços de rios
	(cansados de sofrer…)

ELES
chegam desarmados (e 
	têm de lutar) contra
	o mar
contra a burocracia
	contra o arame
	farpado contra a agonia…
	contra a carga
	militar… e já 
	não têm medo
de morrer :
estão na sorte
 jogados…
(e querem apenas VIVER…)

Quantas estrelas esse artigo merece?

Classificação média 0 / 5. Votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a classificar esse artigo

Como você achou este artigo útil ...

Partilhe-o nas redes sociais

Lamentamos que este artigo não lhe tenha sido.

Ajude-nos a melhora-lo!

Diga-nos como podemos fazê-lo.

close

Quer receber as nossas notícias em primeira mão?

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Mais Por Explorar

Refugiados

ELES apostam tudo… apostam nos filhos… apostam na crianças… (eles são os seus Brilhos! as suas Esperanças!) ELES chegam desesperados molhados e

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.