Caminhos

A rubrica “Caminhos”, com presença habitual no jornal A Voz de Paço de Arcos, surgiu aquando do início da atual série, sob a direção de José Serrão de Faria, diretor, e José Marreiro, eu próprio, como seu adjunto. 

Na direção anterior, do fundador, e proprietário Joaquim Coutinho, várias eram as rubricas que noticiavam a realidade da vila, divulgando as situações  que mais poderiam interessar aos habitantes da vila. Desde logo aspetos positivos, como melhoramentos, ou negativo, como ocorrências, ou situações a justificar a intervenção das autoridades, desde logo da autarquia local. 

Pretendendo  manter este papel cívico do jornal surgiu então neste figurino, que inicialmente era produzido pela dupla  diretora, com pinturas e desenhos, do diretor, o pintor Serrão de Faria, e com textos de mim próprio.  Atualmente, por afastamento por motivos de saúde do pintor, as imagens são em fotografia, de autoria do novo diretor adjunto, Santos Zoio. 

O objetivo mantêm-se, divulgar o que de melhor se pode encontrar quando percorremos o território do concelho de Oeiras,  a Vila de Paço de Arcos, e localidades circundantes, território alvo da ação do jornal, assim  como, as situações que, a nosso ver, carecem de ser corrigidas, ou eliminadas, por não se adequarem aos interesses que defendemos, que são os interesses da população deste território. 

Para a produção de cada “Caminhos”, a equipa define um trajeto e segue-o, fotografando o que ressalta com interesse informativo, e anotando o que importa dizer sobre o observado. 

Pensamos que o objetivo a que nos propomos esteja a ser atingido, ao alertar os habitantes para aspetos, que de outra maneira continuariam a ser para si desconhecidos. Igualmente, em muitos casos, serve de alerta para que seja tomada consciência da necessidade da intervenção das autoridades responsáveis.

Quantas estrelas esse artigo merece?

Classificação média 0 / 5. Votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a classificar esse artigo

Como você achou este artigo útil ...

Partilhe-o nas redes sociais

Lamentamos que este artigo não lhe tenha sido.

Ajude-nos a melhora-lo!

Diga-nos como podemos fazê-lo.

close

Quer receber as nossas notícias em primeira mão?

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

José Marreiro

José Manuel Reis Marreiro, natural de Silves, nascido a 16 de fevereiro de 1946. Residente em Caxias, Paço de Arcos desde 1957. Licenciado em Gestão e Organização de Empresas, pelo Instituto Superior de Economia de Lisboa.Exerceu funções em Escritório de Advogados, de Editora Parceria A.M. Pereira, Lda. e na Banca: Gerente nos Bancos, Borges & Irmão e BCI, actualmente Santander;Desde cedo que se interessou por solidariedade, desporto e cultura, tendo organizado, como dirigente, e participado em inúmeros eventos. Assim, foi com naturalidade que veio a integrar, como vogal, o Conselho de administração da Fundação Sarah Beirão e António Costa Carvalho, IPSS, com sede em Tábua.Atualmente, é Presidente da Direção da Associação Cultural A Voz de Paço de Arcos e Diretor do seu jornal. Nestas funções promove projetos nas áreas: social, desportiva e cultural e assume a sua divulgação através dos seus órgãos de comunicação: A Voz de Paço de Arcos, A Cartuxa (suplemento) e A Voz de Paço de Arcos Online

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    Usamos cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site.